Inadimplência entre credores do Reino Unido está aumentando, diz vice-governador do Banco da Inglaterra

  • Numa tentativa de conter a inflação, o banco central aumentou a sua taxa de juro diretora de 0,1% em dezembro de 2021 para o máximo em 15 anos de 5,25% agora.
  • O mercado espera outro aumento para 5,5% ainda esta semana.

Em Agosto, o Banco de Inglaterra aumentou as taxas de juro pela 14ª vez consecutiva.

Alexandre Spatari | momento | Boas fotos

De acordo com Sam Woods, vice-governador do Banco de Inglaterra, as vulnerabilidades no sector bancário britânico estão a aumentar face ao aumento da inflação e aos subsequentes aumentos das taxas de juro.

Num esforço para conter a inflação galopante, o banco central aumentou a sua taxa de juro diretora de 0,1% em dezembro de 2021 para um máximo de 15 anos de 5,25% agora, e o mercado espera outro aumento para 5,5% no final desta semana.

A economia revelou-se surpreendentemente resiliente, mas Woods, diretor executivo da Autoridade de Regulação Prudencial, disse que os reguladores estão a monitorizar de perto as potenciais pressões sobre o setor bancário.

“Até agora tem sido um pouco melhor do que muitas pessoas esperavam, especialmente com a Covid, o enorme apoio fiscal e monetário está na verdade protegendo o sistema bancário de perdas com empréstimos”, disse Woods à CNBC na terça-feira.

“Mas, ao olharmos para a situação agora, estamos na verdade a assistir a um aumento nos incumprimentos em todo o setor bancário. Não é algo com que as pessoas devam preocupar-se.”

De acordo com estimativas da PRA, mais de 1% das hipotecas estão em atraso. Woods observou que o número era igualmente elevado em 2018 e foi de 3,6% durante a crise financeira.

“Então está subindo, mas vindo de uma base muito baixa, e estamos observando de perto”, acrescentou.

READ  Coroner: Lake Mead corpo encontrado em 2022 se afogou em 1974

Esta é uma notícia importante. Volte mais tarde para saber mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *