Tentaram assassinar o Negão e o que você tem a ver com isso?



Esse é o Negão, cão espancado esta semana á pauladas por um cidadão no morro do Jacú. Este cachorro representa todos os animais que são agredidos, açoitados, maltratados e mortos todos os dias em Paraty pela ignorância humana, simplesmente pois estavam incomodando, latindo demais, buscando aplacar sua fome em lugares inapropriados ou simplesmente já não serviam mais para o trabalho escravo. Entre os animais que o Negão exemplifica aqui neste artigo, não se enquadram somente a espécie dele, estão além dos caninos, os felinos também, que se reproduzem, desenfreadamente, devido á falta de uma política efetiva de castração que os governantes não têm interesse em cumprir, gerando centenas de ninhadas indesejadas, tantas vezes descartadas ou exterminadas pelos próprios tutores que não tiveram a responsabilidade de não permitir que ele procriasse, simplesmente pela ausência do maior gesto de amor que se pode ter por seu animal: castrá lo. A castração evita diversos transtornos para a saúde do animal e previne muito sofrimento. Pra você que ainda tem preconceito com a castração; seu cão não será menos “macho” por isso, sua cadela não precisa “dar uma cria” para ser feliz. Não há lares para todos! Já seria um enorme passo para o bem estar e ajuda imensa para os que lutam pela causa animal, se cada pessoa que possui um ser sob sua responsabilidade tivesse a consciência de estereliza lo para que evitassem vir ao mundo, ninhadas, que na grande maioria das vezes, o destino será a fome, frio, sede, solidão, regeição e por fim, de tanto ser indesejável pela ignorância humana, se transformar no próximo Negão.
A reprodução desenfreada dos animais é puramente nossa responsabilidade, afinal, fomos nós quem os tiramos da natureza e os trouxemos para o nosso convívio. Também é de nossa responsabilidade denunciar maus tratos. Se você tem um vizinho ou um conhecido que agride, mantém acorrentado, em gaiolas ou condições insalubres o animalzinho que julga ser um objeto sem sentimentos; fotografe, filme, grave aúdios para usar em uma denuncia anonima diretamente á SEPDA (órgão responsável), isso já ajudará a criar uma nova consciência nas pessoas que ainda enchergam os animais como “coisas”.
É preciso que todos tenham conhecimento de que maltratar animais é crime com penas de um a quatro anos de prisão dependendo da gravidade do ato.
E por fim mas não menos importante; Seja você um pequeno veículo, uma voz que ajudará a salvar o próximo Negão: castre seu animal, denuncie maus tratos, adote uma vida, o amor incondicional e a gratidão deles para conosco são eternas, sentimentos nobres que infelizmente, muitos de nossos semelhantes não possuem mas você tem o poder para mudar esta realidade, apenas fazendo sua parte, por amor aos animais, “pelo amor do Negão!”.

Renata Ribeiro

Renata Ribeiro

Renata de Almeida Ribeiro, carioca, moradora de Paraty em diferentes períodos de sua vida, alternados entre cidades interioranas do Rio de Janeiro e o exterior. Fisioterapeuta, empresária e defensora da causa animal em todos as cidades pelas quais passa. Atua em Paraty como colaboradora das atividades do Bazar do Barão e na conscientização da população contra maus tratos e bem estar animal.

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!