Talentos de Paraty: João Henrique destaque na dança!

João Henrique, 17 anos, morador da comunidade Parque da Mangueira em Paraty, tem se destacado na dança e principalmente neste momento de pandemia que os festivais de dança estão onlines.
João Henrique é filho da recepcionista de pousada, Cátia Cilene, foi adotado aos 6 meses de idade e diz que “minha mãe é tudo pra mim, nunca me deixou faltar nada, sempre me apoiou em tudo.”
O bailarino ingressou com apenas 10 anos de idade na Companhia Dança e Arte Paraty, Projeto Social Educar pela Dança do Psicólogo Luiz Eduardo Fares. 
Na Companhia teve a oportunidade de cursar as modalidades de Jazz e Ballet Clássico e em 2015 foi para o seu primeiro festival de dança (Festival de Dança Paraty 2015), o conjunto juvenil ganhou a premiação de 4° lugar. No mesmo ano, foi convidado pelo coordenador pedagógico, na época, Hugo Leonardo Oliveira, para dançar na Cia Principal do Projeto.
Em 2017 começou a dançar na turma de Jazz avançado e em 2018 a fazer parte da turma de 2° médio do Ballet Clássico.
Já no ano de 2018 teve a oportunidade para participar junto com a Cia Principal do Projeto do Festival Dança Ubatuba, o qual tiveram as premiações de: 3° lugar e 4° lugar.
Em 2019 participou de um grande evento de dança, o Festival Internacional Grand Pix Faces de Dança, todas as coreografias foram classificadas, ganhando as premiações de: 2° lugar (2 vezes), 3° lugar e ainda foram escolhidos como Grupo Destaque do Festival e ganharam um Passaporte para Pré Seleção para o Programa DISNEY Performing ARTS.
Com o início da pandemia em 2020, começou a participar dos festivais de dança online (virtuais), na modalidade de competições Solo, participando do Festival Tempo de Dançar com a coreografia Desilusão, na modalidade Jazz Avançado, coreografia coreografada pelo próprio João Henrique, o qual foi premiado com o 1° lugar nesta categoria. Logo após participou do Dança Ubatuba Online 2020, o qual foi premiado com o 3° lugar com o Solo e 1° lugar com o Duo. Também participou do Festival Online Backstage 2020, obtendo a premiação de 2° lugar.
Por causa da sua dedicação e paixão pela dança, hoje o bailarino João faz parte da Cia Principal do Projeto sob a direção de Jac Motta, tendo aulas de Ballet Clássico, Jazz e Contemporâneo, sendo atualmente estagiário de turma de Ballet Clássico e desde o ano de 2017 é Diretor de Comunicação e Audiovisual do Projeto.
Neste ano de 2021 foi agraciado com uma bolsa de 85% para dançar na Experimental de Dança de Ubatuba.

João Henrique nos mostra que por maior que seja as adversidades da vida jamais podemos desistir dos nossos sonhos, o nosso bailarino nos mostra que a perseverança pode nos levar a lugares altos.
Estamos na torcida por você João! Você é um orgulho para Paraty, parabéns!

Thalia Oliveira

Thalia Oliveira

Thalía Oliveira, 22 anos, Caiçara natural de Paraty. Estudante de Direito da Faculdade Nacional de Direito da UFRJ, Pesquisadora da Segurança Pública do Rio de Janeiro, Diplomada Amiga do 5° Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro pelo Ten Cel André Luiz Caetano Gomes e Estagiária na Delegacia de Policial Civil da Baixada no Rio de Janeiro. Bailarina, Atriz e Fotógrafa.

Comente aqui o que você achou dessa matéria!

%d blogueiros gostam disto: