Andar de bicicleta em Paraty é maravilhoso, mas pode se tornar uma aventura bem perigosa por conta dos pedestres motoristas, que nem sempre respeitam as regras de trânsito. Enquanto na avenida Beira Rio, o problema são os pedestres – e em especial, os praticantes de corrida e caminhada esportiva – que insistem em ignorar a calçada a beira rio e trafegar na ciclovia, na avenida Roberto Silveira, no trecho entre a Colitur e o semáforo, a coisa fica realmente perigosa. Neste trecho, ninguém respeita a ciclovia! Motoristas param o carro para comprar pão na padaria, carregar móveis na loja de móveis, caminhões ocupam o espaço em frente à borracharia, mototaxis invadem a faixa em frente à Detinha Sabores, enfim: só o coitado do ciclista que se vire para ver onde vai passar. Alô prefeitura: Não adianta criar ciclovia se não houver fiscalização!

Lembrando aos motoristas: Transitar na ciclovia é considerado infração gravíssima e a multa é de até R$880,41 ! 

Art. 193. Transitar com o veículo em calçadas, passeios, passarelas, ciclovias, ciclofaixas, ilhas, refúgios, ajardinamentos, canteiros centrais e divisores de pista de rolamento, acostamentos, marcas de canalização, gramados e jardins públicos:

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa (três vezes).

 

Art. 181. Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – remoção do veículo.