Lá no alambique

Dentro do passeio de jipe
Também tem…
O alambique

A mocinha que nos guia
Dá uma aula
Que balança o dia

E todos curiosos para degustar
Cachaça prata ou branca
Para ninguém tombar

Observamos o tonel de carvalho
E soubemos algo
Sobre o amendoim bravo

De repente
O percurso da cachaça
No recipiente
Aço inox permanece
Três ou quatro meses

Olhos atentos para a próxima etapa
Experimentar “as cachaça”
Nos diversos banquetes

No final
Palavras de uma companheira
“Tá todo mundo satisfeito
Alimentado
Embriagado”

E sabem de uma coisa…
Eu me lambuzei foi no melado

Cris Ávila

Cris Avila

Cris Avila

Cris Ávila, atua na área da educação e tecnológica. Moradora do Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, aprecia as maravilhas de outros lugares, inclusive de Paraty. Inquieta, tudo é motivo para escorregar da mente e transcrever, poeticamente, com a ponta dos dedos. Já escreveu inúmeros textos e espera cooperar com esse espaço no http://paratyvip.com.br/ Contato: [email protected] Página - https://www.facebook.com/vocepoema/⁠⁠⁠⁠ Página - https://www.facebook.com/groups/1502164446742821/ Instagram: https://www.instagram.com/criscapp35/?hl=pt-br Livro - Você é Poema: Temperos Poéticos e Delícias do Cotidiano pela livraria Amazon Livro lançado impresso: VOCÊ É POEMA Delícias do Cotidiano Para adquirir: <https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1069908467-livro-voc-e-poema-delicias-do-cotidiano-_JM>