Empresa de Ônibus Colitur reduz horários e prejudica moradores e ação de isolamento.

A partir desta semana a Colitur vai reduzir para apenas dois horários os ônibus para os bairros rurais, em geral às 6:30 e 17:30 hs.

Com essa redução, quem precisa ir à cidade para os serviços essenciais é obrigado a aguardar o dia todo para retornar à casa.

Além disso, a redução vai aumentar o número de passageiros em cada horário, o que aumenta o risco da epidemia no transporte público.

Com claro interesse em reduzir custo, a empresa não atende ao interesse público, a que é obrigada.

No entanto, é responsabilidade da Prefeitura exigir da empresa o atendimento às necessidades do cidadão.

A empresa Colitur cobra uma das tarifas mais altas do país e o atual governo retirou o direito ao Cartão Morador de 1 REAL, o que comprometeu a renda do trabalhador nos bairros rurais e estimulou a migração para a periferia da cidade.

Para completar, nota-se o favorecimento do transporte para Laranjeiras, com 6 horários diários. O último
decreto municipal permite a entrada de veranistas por 24 horas, mas os proprietários do Condomínio Laranjeiras estão isentos dessa regra e ainda tem garantido o transporte dos seus empregados, que deveriam estar protegidos em casa.

Avatar

Danielle Migueletto

Danielle Migueletto é professora de Economia Ecológica e Solidária, acompanha a política de Paraty há 20 anos e se mudou pra cá em 2012, para se dedicar à Agroecologia e o Turismo de Camping.

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!