Associação de moradores do Portal de Paraty e Parque Ypê  se opõe à construção da Escola Técnica em terreno escolhido pela prefeitura. 

Associação de moradores do portal de Paraty e Parque Ypê  se opõe à construção da Escola Técnica em terreno escolhido pela prefeitura. . Confira o texto enviado pelo presidente da associação, Levi Lacerda:

” Nada contra o projeto CEFEC, mas o local em que está se pensando em fazer trata-se de área não edificante, área registrada como praça. Hoje já existe um inquérito civil, no Ministério Público Federal questionando essa ação.

Os moradores dos bairros Portal de Paraty e Ipê são totalmente contra, onde já fizeram um abaixo-assinado no qual manifestam ser contra qualquer tipo de construção na área, a não ser a qual foi destinada originalmente.

É  lamentável e questionável  como o mesmo prefeito na época em que era Presidente da Câmara,  foi totalmente contra a construção de um outro projeto para essa mesma área, alegando ser arbitrário a construção de qualquer obra que não fosse uma praça para comunidade. E tem documentos que comprovam isso…

Onde está aquele prefeito que foi eleito com nossos votos, que esteve em reuniões e disse que qualquer coisa que fosse pensado em fazer ouviria a comunidade?”

guidonietmann

guidonietmann

Guido Nietmann é fotógrafo e mora há 7 anos em Paraty. Em parceria com a fotógrafa Roberta Pisco, criou a Fotos Incríveis, empresa especializada que atua com fotografia imobiliária, gastronômica, fotografia aérea, fotografia de produtos e também com ensaios. Apaixonado por Paraty, não se cansa de retratar as belezas da cidade e nutre uma paixão  especial pela Igreja de Santa Rita! Contato e mais informações: www.fotosincriveis.com.br

3 comentários em “Associação de moradores do Portal de Paraty e Parque Ypê  se opõe à construção da Escola Técnica em terreno escolhido pela prefeitura. 

  • Avatar
    2 de maio de 2019 em 00:40
    Permalink

    Sou morador e trabalhador do Portal de Paraty e não fomos consultados. Eu concordaria. Área pública, praça ou escola, é bom.

    Resposta
  • Avatar
    2 de maio de 2019 em 09:04
    Permalink

    Sou plenamente favorável a construção da escola técnica em Paraty, em local legalmente adequado.
    O bairro parque Ipê foi aprovado pela legislação vigente à epoca, o decreto lei 58.
    Este decreto previa que o loteador deixasse “áreas livres”, inalienáveis a qualquer título, o que foi feito.
    Foram 3 áreas, duas defronte a av Roberto Silveira e uma ao lado da rua Pedro stanisce.
    Apesar de serem areas livres, acredito que por desconhecimento da lei e não por má fé, a prefeitura permitiu que numa dessas áreas fosse construída ilegalmente a delegacia Legal, noutra permitiu que particulares ocupassem e loteassem clandestinamente não so a praça (área livre) como também a rua, sem o menor respeito pelo código de obras.
    Na última área livre (praça) que sobrou querem fazer a escola.
    E preciso que se diferencie áreas públicas, como essas, que são de todos os cidadãos das áreas institucionais, aonde se instalam escolas, creches delegacias, fóruns, hospitais etc, o que não é o caso da área em questão.
    Quando o poder público ignora a lei automaticamente está permitindo ao cidadão que faça o mesmo.
    E em sono profundo dormem os fiscais da lei…

    Resposta
  • Avatar
    2 de maio de 2019 em 21:10
    Permalink

    Concordo com a escola técnica. E também não fui consultado. Sou filho do dono do loteamento portal de Paraty.

    Resposta

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!