Adam Zindul, turista lituano morto a pauladas na Praia do Sono e cuja mulher foi estuprada, teria sido torturado

Segundo o jornal Extra, o turista que foi morto a pauladas e cuja mulher foi estuprada na praia do sono, teria sido torturado antes de ser morto.

De acordo a matéria no jornal Extra, uma equipe foi acionada para a Praia do Sono e teve que conseguir um barco para chegar ao local. Lá encontraram as vítimas. O suspeito detido foi encaminhado para a 167ª DP (Paraty). A Polícia Civil ainda não informou se ele foi autuado pelo crime.

A mulher de Zindul havia acabado de sair do banho, por volta das 22h30 de quarta-feira, e estendia a toalha quando foi rendida pelo suspeito, armado com uma faca. O bandido encostou a arma no pescoço da mulher e obrigou-a a entrar na casa.

Zindul teria sido torturado pelo suspeito. Os policiais encontraram o corpo dele com os pés e mãos amarrados, numa cadeira. Na cabeça do lituano havia um saco plástico.

Avatar

Zé do Povo

Arredio, inquieto, mas um defensor árduo da justiça, Zé do Povo é o que o nome diz. Um cara do povo, que prefere não se expor, mas quer expor todos os problemas da cidade.

2 comentários em “Adam Zindul, turista lituano morto a pauladas na Praia do Sono e cuja mulher foi estuprada, teria sido torturado

  • Avatar
    7 de fevereiro de 2020 em 20:06
    Permalink

    Um crime bárbaro cometido por verdadeiros animais! Apenas em um país de merda como esse onde não se pune ninguém para ocorrerem barbaridades deste tipo! E total imprevidência deste casal se meterem em local ermo! Em um país de gente ignorante, sem valores e perigosa! E a imprensa ainda acha que ninguém pode ter arma! Aqui inexiste justiça, punição ou o que o valha! Estes europeus, inocentes, não tem noção do país de selvagens que é o Brasil!

    Resposta

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!

%d blogueiros gostam disto: